Dicas para Maximizar o Espaço de um Salão Pequeno

por Reinaldo Teles
Salão Pequeno

Muitos salões se debatem com a questão do espaço. Encontrar o equilíbrio entre como maximizá-lo enquanto se cria uma atmosfera atraente para os clientes, e que também é funcionalmente eficiente para o pessoal, pode ser um desafio. Aqui oferecemos dicas para ajudar os salões a aproveitar ao máximo os seus espaços.

 

Pense Vertical – Capitalize nas áreas subutilizadas, entre a parte superior dos móveis e o teto com elementos pendurados ou montados em altura, como o Freestyles que suspende os secadores de sopro do teto para economizar espaço e eliminar cordas. Levar elementos leves, prateleiras e armários até o teto ajuda a fazer com que a sala se sinta maior e recupera espaço no piso e acrescenta armazenamento.  Pendurar obras de arte e espelhos o mais alto possível também dá a ilusão de um teto alto.

 

Materiais – Opte por elementos refletivos como acrílico, laca branca e azulejos brilhantes. As superfícies de alto brilho atuam como espelhos refletindo a luz para ajudar a fazer com que os espaços pareçam mais abertos.

 

Mobiliário – Use menos peças maiores ao invés de muitas menores, que podem parecer desorganizadas e fazer com que um espaço pareça menor. Peças maiores também podem ajudar a esconder elementos inestéticos de uma sala (radiador, caixa de cabos, etc.). Tente não empurrar os móveis contra as paredes, criando espaço atrás deles ajuda a fazer uma sala parecer mais larga do que ela é.

 

Iluminação – Uma boa iluminação faz ou quebra uma sala e pode acrescentar calor e luminosidade a áreas pequenas e/ou apertadas. 

 

Editar – Nada faz uma sala parecer menor do que uma desordem. Seja criativo com o armazenamento para que tudo possa ser escondido.  Elimine cordões inestéticos, limpe as superfícies da estação, mantenha a área da traseira arrumada e certifique-se de que a área de venda esteja projetada para que seja bonita de se ver.

 

Fonte: https://www.americansalon.com/business/tips-maximizing-small-salon-space

Você pode gostar

Deixe um comentário