Como conseguir se licenciar nos EUA?

por Paula Escobar
Licenciar nos EUA

Como conseguir se licenciar nos EUA?

Veja qual o caminho CORRETO para trabalhar no setor da Beleza nos EUA!

Para trabalhar em qualquer salão de beleza nos Estados Unidos é primordial ter uma licença. 

Na nossa live de 10 de julho, conversamos com o profissional Daniel Borges que reside nos EUA à bastante tempo e trouxe várias informações, super elucidativas, para quem deseja tentar a vida na terra do Tio Sam.

Daniel enfatizou que as licenças se diferenciam de um estado para o outro, pois cada um tem sua burocracia e, dependendo do estado, pode ser mais fácil ou complexo. Nova York é considerado o mais tranquilo no que toca à área do cabelo, por exemplo e a maioria das licenças são mais fáceis de conseguir.

Já em New Jersey, não dá para tirar uma licença de depilação sem ter conhecimento de manicure também. Na Flórida, barbeiro consegue a licença sem precisar de prova, em contrapartida, em New York você precisará passar por uma. Alguns estados exigem GREEN CARD e SOCIAL SECURITY (o equivalente ao nossa CPF), como é o caso da Georgia, mas em New York você não precisa nem de TAX ID.

É possível fazer sozinho? Sim, mas é muito mais fácil com suporte e uma assessoria você conseguir se licenciar nos EUA.

Daniel enfatizou que é extremamente importante e sugeriu que você faça uso de um serviço de assessoria, pois já tem know-how e te poupa tempo, evitando que você não erre nos passos, o que inviabilizaria a retirada da sua licença e isso pode acarretar um tempo muito maior para aplicar novamente, além de uma série de outras questões que Daniel explicou na live. 

Para exemplificar, quando você tenta sozinho, podem haver documentos solicitados no trâmite que você desconheça e pode não conseguir adquirir sozinho por não existirem no Brasil, como uma certificação de escolaridade na área da beleza que o governo reconheça como idônea (tipo uma validação pelo MEC ou por um órgão federal). O que muitas pessoas acabam fazendo é ludibriar certificados, aumentar as horas no documento para tentar conseguir a licença. O que é desnecessário.

É possível unificar diversas certificações e comprovar as horas de estudo, chamadas “unification hours”, que é o que oferecemos ao trazer este serviço aos nossos clientes. Evitando que o profissional passe pela temerosa prova para adquirir a licença. Caso faça o processo de se licenciar nos EUA sozinho e não tenha toda a documentação, você até consegue dar andamento ao processo de se licenciar, mas vai demandar que faça a prova e essa, geralmente, exige conhecimentos de todas as áreas da beleza, o que geralmente inviabiliza o sucesso, tendo em vista que no Brasil as formações se segmentam por áreas.

Nos EUA a “beauty school” abrange no seu cronograma curricular maquiadora, estética e manicure, com uma carga horária curricular que pode variar de 1200hs-2000hs (mil e duzentos a duas mil horas), dependendo do estado que se formar. 

Como podem notar é bem diferente do Brasil, que geralmente tem uma carga horária curricular para formação de cabeleireiro que pode variar de 216hs-450hrs (duzentos e dezesseis horas a quatrocentos e cinquenta horas); maquiadora de 96h-160h (noventa e seis horas a cento e sessenta horas) e manicure de 88hs-112hs (oitenta e oito horas a cento e doze horas). 

Então, evitar de passar pelo processo da prova é onde a nossa assessoria te ajudará a se regularizar e a se licenciar nos EUA.

Entre em contacto conosco diretamente e saiba mais!

Este Post faz parte de uma série de textos sobre como se licenciar/ trabalhar nos EUA de forma legal.

Outros post/ Links:

Post “Trabalhar como Cabeleireiro nos EUA”

LIVE com Daniel Borges

Escrito por: Paula Escobar

Você pode gostar

1 comente

Como se qualificar para trabalhar nos EUA | Blog do Rei agosto 15, 2022 - 9:32 am

[…] ReiPro […]

Responder

Deixe um comentário